Exibição do documentário Crip Camp: Revolução pela Inclusão, seguida de conversa “Sexualidade: gozo de uma vida, a mais normal e plena possível” [CIDADANIA ATIVA]

Data: 7 de dezembro de 2023 (14:30 - 16:30)
Local: BLCS
Destinatários: Pessoas com deficiência e as suas famílias. Com idades a partir dos 14 anos.

 
Exibição do documentário Crip Camp: Revolução pela Inclusão, seguida de conversa “Sexualidade: gozo de uma vida, a mais normal e plena possível” [CIDADANIA ATIVA]
Dinamizada por Diana Pinto (Assistente Social, coordenadora da Delegação da APD – Braga no Serviço Social) e Lurdes Sá (Psicóloga e colaboradora na APD – Braga no Serviço de Psicologia)
Sinopse: Crip Camp – Revolução pela Inclusão, é um documentário que mostra como um campo de férias criou um movimento pelos direitos civis. “Este campo mudou o mundo e ninguém sabe a sua história.” É desta forma que Jim LeBrecht abre o documentário Crip Camp, recém-estreado na Netflix. Crip Camp – em português, “campo dos aleijados” – deve o seu nome alternativo ao campo de férias de verão Camp Jened. Outrora localizado no estado de Nova Iorque, o campo destinou-se a jovens com necessidades especiais durante os anos 50 a 70 do século passado. Num país com dezenas de milhões de pessoas com deficiência como os E.U.A., o Camp Jened era único entre os demais campos e instituições. Aqui a dinâmica orientadores-campistas tinha como base a amizade e a compreensão, e não a postura de baby-sitter ou psiquiatra adotada em todos os outros sítios.
O objetivo da atividade é sensibilizar as pessoas com deficiência e as suas famílias para uma sociedade mais inclusiva, onde os seus direitos possibilitem o respeito pela dignidade humana e o gozo de uma vida, a mais normal e plena possível.
Duração: Visionamento do documentário “Crip Camp” e discussão em grande grupo, num total de 120 min.
 
Inscrições obrigatórias através do email servicodepsicologia.apd.braga@gmail.com