...

Em 2004, a  homenagem que o Município de Braga e a Universidade do Minho decidiram prestar a Lúcio Craveiro da Silva na passagem do seu 90.º aniversário, traduziu-se na atribuição do seu nome à nova Biblioteca de Leitura Pública de Braga, passando a designá-la por Biblioteca  Lúcio Craveiro da Silva (BLCS).


A atribuição do seu nome à nova biblioteca foi decidida por consenso entre as entidades e mantida em sigilo até à data de abertura da biblioteca ao público (21 de Dezembro de 2004).


O Professor Lúcio apenas teve conhecimento desta homenagem quando descerrou a placa e viu nela o seu nome. O motivo de todo o secretismo foi para evitar eventuais resistências por parte do homenageado.


No ato da inauguração, o presidente da Câmara da altura, Eng.º Mesquita Machado, disse que esta homenagem ao Professor Lúcio era “um acto de elementar justiça”.


Neste mesmo ano, encontrava-se a trabalhar na colaboração para o Dicionário Crítico da Filosofia Portuguesa (ainda não publicado).


 Ao longo de toda a sua vida, Lúcio Craveiro da Silva publicou inúmeros estudos, mais precisamente 237 trabalhos integrados em livros e revistas.

 

Em Julho de 2009, dois anos após o seu falecimento, foi inaugurado o espaço “Lúcio Craveiro da Silva” na BLCS, contendo algum do espólio privado do Professor Lúcio, tal como fotografias, condecorações, diplomas, prémios, objectos pessoais, entre outros, cedidos pela Universidade do Minho.


Poderá visualizar esse espólio AQUI  ou então dirigir-se ao piso 0 da BLCS (Ver mapa AQUI)  



Fonte: Correio do Minho (2004)

            Diário do Minho (2004)



©2014  Biblioteca Lúcio Craveiro  da Silva .Todos os Direitos Reservados. Proibida a reprodução do todo ou em  parte deste Website.
Professor Lúcio Craveiro da Silva no dia da inauguração da BLCS em 2004
FICHA INSCRIÇÃO.jpg doc12.jpg Cartão de Utente Ficha de inscrição de utente Álbum fotográfico inauguração BLCS Clique nas Imagens para ampliar Ver este album de fotos em dispositivo mobile (Clique Para Aumentar) Ficha Técnica BLCS